Os mais expressivos festivais do cinema brasileiro

Nas últimas décadas, temos acompanhado um crescimento significativo e muito importante de eventos culturais, promovidos com a finalidade de exibir e premiar novas obras e autores do cinema brasileiro. Mesmo enfrentando inúmeros obstáculos, podemos observar que artistas têm lutado com cada vez mais persistência, união e busca por representatividade para profissionalizar, solidificar e tornar o ofício inclusivo.

Festivais e mostras regionais, universitárias e com pautas específicas têm ganhado destaque entre iniciantes e estudantes, que se inspiram e buscam expandir o legado dos eventos mais conceituados da história da cultura brasileira.

Na lista abaixo, citamos as premiações de maior renome do cinema brasileiro, de acordo com a maioria dos críticos, acadêmicos e profissionais da área. Levamos em consideração não somente a aprovação de especialistas, como também a visibilidade dos festivais e a influência que os mesmos exercem sobre as novas gerações.

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

É quase unanimidade para muitos dos profissionais do cinema e audiovisual brasileiro que o Festival de Brasília é o mais expressivo e prestigiado do Brasil e, mesmo para quem discorda, essa afirmação não é nenhum absurdo. O evento, inicialmente chamado de Semana do Cinema Brasileiro, existe desde 1965 por iniciativa de Paulo Emílio Salles Gomes, na época professor de cinema na Universidade de Brasília e autor de diversos livros, e que, mais de quarenta anos após seu falecimento, ainda é considerado uma das maiores autoridades em assunto de audiovisual brasileiro da história do país.

Muitos filmes conhecidos, consagrados e respeitados como clássicos da cinematografia nacional foram premiados com o Troféu Candango ao longo da existência do festival, como A Hora e a Vez de Augusto Matraga (Roberto Santos, 1965), O Bandido da Luz Vermelha (Rogério Sganzerla, 1968), Iracema – Uma Transa Amazônica (Jorge Bodanzky, 1980) e A Hora da Estrela (Suzana Amaral, 1985).

Perfil no instagram: @festbrasilia

Festival de Cinema de Gramado

Atravessando momentos de crises, instabilidades e até o período mais rigoroso da censura militar, o Festival de Gramado está na ativa desde 1973, atraindo a atenção e interesse tanto dos espectadores e profissionais brasileiros quanto estrangeiros devido às exibições e premiações em categorias internacionais – com ênfase em outros países latinoamericanos. Os setores de arte e cultura são bastante movimentados na cidade de Gramado (RS) e o festival de cinema é um dos principais e mais atraentes eventos.

Entre os premiados, destacam-se: Toda Nudez Será Castigada (Arnaldo Jabor, 1972), O Amuleto de Ogum (Nelson Pereira dos Santos, 1974) e Pra Frente Brasil (Roberto Farias, 1982).

Perfil no instagram: @festivaldecinemadegramado

Site: http://festivaldegramado.net

Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Criada em 1977, a Mostra de São Paulo conta com grandes patrocínios como Petrobras, Itaú, SESC, BNDES, CPFL e Spcine. Em termos de exibição internacional, é o festival mais abrangente do Brasil, englobando uma grande diversidade de obras oriundas de todos os continentes. Uma vez que o evento não possui fins lucrativos, seus organizadores têm o compromisso de expandir o conhecimento do público brasileiro sobre filmes não produzidos nos Estados Unidos, por isso já reuniu destaques mundiais como Pedro Almodóvar, Abbas Kiarostami e Wim Wenders.

Perfil no Instagram: @mostrasp

Site: https://44.mostra.org

Festival Internacional do Rio de Janeiro

Nascido da fusão entre o Rio Cine Festival (1984) e a Mostra Banco Nacional de Cinema (1988), o Festival do Rio foi fundado em 1999 e tem sido um dos principais eventos culturais do país, abrangendo também a exibição de filmes estrangeiros originários de vários países.

Os principais premiados com o Troféu Redentor desde 2002 são: Narradores de Javé (Eliane Caffé, 2003), O Céu de Suely (Karim Aïnouz, 2006) e O Som ao Redor (Kleber Mendonça Filho, 2012).

Perfil no Instagram: @festivaldorio

Site: http://www.festivaldorio.com.br

É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários

Mesmo que os festivais anteriores incluam documentários nas exibições e disputas por prêmios, o É Tudo Verdade se dedica exclusivamente à categoria em questão. Realizado nas cidades São Paulo e Rio de Janeiro desde 1996, o festival é uma das principais referências do cinema documental em toda a América Latina, premiando tanto brasileiros quanto estrangeiros.

Já foram contemplados pelo júri oficial título como: Nós Que Aqui Estamos Por Vós Esperamos (Marcelo Masagão, 1999), Notícias de Uma Guerra Particular (João Moreira Salles e Katia Lund, 2000) e A Alma do Osso (Cao Guimarães, 2004).

Perfil no Instagram: @etudoverdadeoficial

Site: http://etudoverdade.com.br/br/home

Veja também:

Feito é melhor do que perfeito?

Definitivamente é melhor do que não feito. Estude e pratique incansavelmente para que você aperfeiçoe suas habilidades e amplie seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s